Topo

Papa pede união mundial para acordo sobre crise na Síria

15/04/2018 09h52

CIDADE DO VATICANO, 15 ABR (ANSA) - O papa Francisco afirmou neste domingo (15) que está "profundamente perturbado" com a "incapacidade" da comunidade internacional em elaborar uma resposta comum à crise na Síria.   

Após a oração do Regina Coeli, na praça São Pedro, no Vaticano, o Pontífice fez um apelo a "todos os responsáveis políticos para que prevaleça a justiça e a paz" para se tomar qualquer decisão.   

O líder da Igreja Católica fez referência aos bombardeios realizados pelos Estados Unidos, França e Reino Unido contra o regime de Bashar al-Assad, após grupos rebeldes acusarem Damasco de realizar um ataque químico em Duma.   

Durante seu pronunciamento, Jorge Mario Bergoglio ainda ressaltou que reza "incessantemente pela paz" e convidou todas as pessoas de "boa vontade" para se unirem pelo bem comum.   

(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.