Em reunião, líder norte-coreano reforça laços com China

PYONGYANG, 16 ABR (ANSA) - O líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, se reuniu neste domingo (15) em Pyongyang com o diretor de relações internacionais do Partido Comunista da China, Song Tao, onde defendeu reforçar os laços entre as duas nações.   

Segundo a agência de notícias norte-coreana "KCNA", Kim recebeu "calorosamente" o diretor chinês, que acompanhava uma delegação de artistas da China que se apresentaria na Coreia do Norte.   

Ainda de acordo com a "KCNA", os dois conversaram "assuntos importantes de interesse mútuo a situação internacional", e Kim saiu "satisfeito" com os resultados da reunião.   

A visita de Tao acontece algumas semanas depois do encontro de Kim com o presidente chinês, Xi Jinping, em Pequim. A oposição da China em relação aos programas nucleares e balísticos da Coreia do Norte deteriorou a relação entre ambos os países nos últimos dois anos.   

Algumas outras reuniões de alto nível entre China e Coreia do Norte deverão acontecer em breve, informou a "KCNA".   

No dia 27 de abril, é previsto que Kim se encontre com o chefe de Estado da Coreia do Sul, Moon Jae-In. Já no fim de maio ou início de junho, o líder norte-coreano deverá ter uma histórica reunião com o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump.(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos