Reino Unido acusa Rússia e Síria de proibirem missão da Opaq

LONDRES, 16 ABR (ANSA) - Os inspetores da Organização para a Proibição de Armas Químicas (Opaq) não tiveram acesso autorizado a diversos locais de Duma, na região da Ghouta Oriental, informou nesta segunda-feira(16) a delegação britânica.   

Em comunicado publicado no Twitter, a embaixada do Reino Unido em Haia afirmou que os russos e o regime de Bashar al-Assad não deixaram os representantes entrar na cidade. "A Opaq chegou no sábado a Damasco. Rússia e Síria não autorizaram ainda o acesso a Duma".   

De acordo com o vice-ministro das Relações Exteriores de Moscou, citado pela agência Tass, o atraso "deve-se aos efeitos do ataque dos Estados Unidos e seus aliados".   

O grupo irá investigar se realmente a Síria utilizou armas químicas no ataque do dia 7 de abril, quando entre 70 e 100 pessoas morreram. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos