Tiroteio deixa visitantes do Parque do Ibirapuera em pânico

SÃO PAULO, 1 MAI (ANSA) - Um tiroteio dentro do Parque do Ibirapuera, na zona sul de São Paulo, gerou pânico entre os frequentadores do local no feriado desta terça-feira (1). Os criminosos chegaram a fugir, mas invadiram uma casa na região e fizeram uma mulher refém. No entanto, depois de uma negociação se entregaram.   


De acordo com informações da Guarda Civil Metropolitana (GCM), a troca de tiros ocorreu por volta das 14h (horário local) na avenida Quarto Centenário. O grupo de homens armados atingiu dois agentes. Um deles foi baleado na perna e o estado de saúde é estável.   


Além disso, pelo menos três veículos foram roubados. Logo depois do episódio no Parque do Ibirapuera, dois homens, um deles ferido no ombro, fugiram até a rua Pedro de Toledo, onde entraram em outra casa, na qual mantiveram uma mulher refém.   


Depois das negociações, os dois se entregaram à Polícia. Até o momento, o número exato de criminosos é incerto.   


Segundo a Secretaria do Verde e do Meio Ambiente, responsável pela administração do parque, o local continua funcionando normalmente. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos