Trump admite reembolso a advogado que silenciou atriz pornô

WASHINGTON, 3 MAI (ANSA) - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, confirmou nesta quinta-feira (3) que reembolsou o valor que o advogado de defesa Michael Cohen pagou à estrela pornô Stephanie Clifford para a compra de seu silêncio.   

A declaração acontece um dia depois do ex-prefeito de Nova York Rudy Giuliani admitir o acordo de confidencialidade durante uma entrevista à Fox News.   

Em uma sequência de tuítes, o republicano se contradiz após ter negado algumas vezes que soubesse de qualquer negociação entre o magistrado e a atriz pornô. No entanto, nas publicações, Trump volta a afirmar que nunca teve qualquer relação com Stormy Daniels.   

O presidente norte-americano ainda ressalta que o dinheiro de sua campanha eleitoral "não teve papel" na transação. "O sr.   

Cohen, advogado, recebeu mensalmente honorários, não da campanha e nem relativo a ela, pelo qual ele ingressou, por meio de reembolso, em um contrato privado entre duas partes, conhecido como acordo de confidencialidade. Esses acordos são comuns entre celebridades e pessoas ricas", escreveu.   

Segundo Trump, o acordo está válido e será utilizado contra a atriz, porque ele "foi usado para interromper as falsas e extorsionárias acusações que ela fez sobre uma relação, apesar de já ter assinado uma carta admitindo que não houve relação".   

"Antes dessa violação da srta. Clifford e seu advogado, esse era um acordo privado. Dinheiro da campanha, ou contribuições da campanha não tiveram papel nessa transação", completou.   

Daniels alega que assinou um acordo com Cohen no dia 28 de outubro de 2016, poucos dias antes da eleição presidencial, para receber um valor de US$130 mil em troca de seu silêncio. "Este dinheiro pago pelo advogado, o presidente reembolsou ao longo de vários meses", afirmou o ex-prefeito de Nova York, ressaltando que o pagamento não violou as regras de campanha. De acordo com Giuliani, o valor do reembolso era feito por parcelas de US$35 mil mensais, "procedentes da conta pessoal de sua família [Trump]", o equivalente a um total entre US$460 mil e US$470 mil.   

A estrela pornô relatou que teve encontros com o republicano em Nova York e Los Angeles durante um ano. A história do relacionamento foi revelada por Stormy a um jornalista da revista online "Slate", entre agosto e outubro de 2016.   

Nos últimos meses, ela comprou uma briga contra o magnata e, inclusive, apresentou um pedido a um tribunal da Califórnia para que Trump preste depoimento perante à Justiça. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos