Vaticano marca canonização de Paulo VI e Óscar Romero

CIDADE DO VATICANO, 03 MAI (ANSA) - O Vaticano marcou para 19 de maio, às 10h (horário local), o consistório público para a canonização do papa Paulo VI e do monsenhor salvadorenho Óscar Arnulfo Romero.   

A cerimônia, presidida por Francisco, também marcará a canonização de outros quatro beatos: Francesco Spinelli, Vincenzo Romano, Maria Catarina Kasper e Nazaria di Santa Teresa di Gesù. No dia seguinte, o Papa celebrará uma missa na Basílica de São Pedro.   

Paulo VI, nascido Giovanni Battista Montini, governou a Igreja Católica entre 1963 e 1978. O milagre que abriu as portas para sua canonização teria ocorrido em dezembro de 2014, no nascimento de Amanda, menina italiana que veio ao mundo após apenas 26 semanas de gravidez, algo em torno de seis meses e meio.   

Segundo a Igreja, a placenta da mãe se rompeu com 13 semanas de gestação, e os médicos a aconselharam a interromper a gravidez, que poderia provocar danos à sua própria saúde. No entanto, ela, originária da província de Verona, ouviu a sugestão de uma amiga e rezou no Santuário das Graças de Brescia, lugar de devoção a Montini. A menina nasceu saudável.   

Já Óscar Romero será santificado como mártir. Ex-arcebispo de San Salvador, ele pregava a não-violência e condenava violações dos direitos humanos por parte do regime militar que governara El Salvador até 1979.   

Em 1980, ele foi assassinado por esquadrões da morte durante uma missa em San Salvador. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos