Trump disse a Macron que abandonará acordo com Irã, diz NYT

NOVA YORK, 8 MAI (ANSA) - O presidente Donald Trump teria dito ao seu homólogo francês, Emmanuel Macron, que os Estados Unidos sairão do acordo nuclear com o Irã, revelou nesta terça-feira (8) o jornal norte-americano "New York Times".   

De acordo com a publicação, citando fontes oficiais, as negociações para manter o acordo de 2015 fracassaram devido à insistência de Trump de que limites rígidos sejam mantidos na produção de combustível nuclear do Irã depois de 2030. O republicano está planejando fazer o anúncio a partir das 15h (horário de Brasília), na Casa Branca. A decisão cumpre uma das promessas de campanha de Trump.   

Ainda segundo a publicação, a fonte afirma que "os Estados Unidos estão se preparando para restabelecer todas as sanções que haviam renunciado como parte do acordo nuclear - e também impor penalidades econômicas adicionais".   

A decisão do republicano isola o país entre os seus aliados e o deixa ainda mais em desacordo com seus adversários, já que o acordo foi assinado por Irã, EUA, China, França, Alemanha, Reino Unido, Rússia e União Europeia, e impõe restrições ao programa nuclear do país persa, em troca da retirada das sanções impostas à sua economia pela comunidade internacional. Trump afirma que Teerã não tem cumprido suas obrigações, embora todos os outros signatários defendam que o tratado está sendo respeitado. Nesta manhã, a União Europeia ressaltou seu apoio ao acordo nuclear e afirmou que ele "funciona". De acordo com o porta-voz da Comissão Europeia, Maja Kocijancic, a Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) certificou 10 vezes que o Irã cumpre suas obrigações. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos