Topo

ONU envia equipe para combater surto de ebola na RDC

14/05/2018 13h42

SÃO PAULO, 14 MAI (ANSA) - A Organização das Nações Unidas (ONU) começou nesta segunda-feira (14) a enviar à República Democrática do Congo (RDC) equipes de especialistas na tentativa de combater o surto de ebola no país.   

Segundo boletim divulgado pela Organização Mundial da Saúde (OMS), mais de 30 casos já foram registrados, entre confirmados, prováveis e suspeitos. Até aqui, ao menos 18 pessoas morreram pela epidemia.   

O último registro suspeito de ebola foi na última sexta-feira (11), na província de Equateur.   

Os primeiros casos do surto aconteceram no dia 8 de maio, no vilarejo de Ikoko Impege, nas proximidades da cidade de Bikoro, perto da fronteira da República do Congo. As autoridades de saúde estão trabalhando para que a epidemia não se espalhe para outras localidades.   

Entre 2014 e 2015, uma epidemia da doença na África Ocidental matou 11.315 pessoas, sendo 4.809 na Libéria, 3.955 na Serra Leoa e 2.536 na Guiné. Ainda foram registradas vítimas na Nigéria, Mali e Estados Unidos.   

Ao longo dos últimos 40 anos, de acordo com a OMS, a República Democrática do Congo sofreu oito surtos de ebola, o mais recente deles em maio de 2017.(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.