Fã é acusado de invadir e passar 12h na casa da Rihanna

LOS ANGELES, 15 MAI (ANSA) - Um fã da cantora caribenha Rihanna responderá três acusações após ter invadido e passado 12 horas na casa da artista, informou nesta terça-feira (15) a rede britânica "BBC".   


Segundo a publicação, a invasão foi no dia 9 deste mês e o acusado, Eduardo Leon, de 26 anos, morador da Califórnia, teria escalado uma cerca para entrar na casa da cantora, localizada em Hollywood Hills.   


No momento da invasão, Rihanna não estava na residência e o invasor foi descoberto por uma assistente da cantora. De acordo com o site "TMZ", o fã admitiu que queria "fazer sexo" com a cantora.   


Leon foi processado ontem (14) pelos crimes de perseguição, roubo, vandalismo e resistência à prisão. Se condenado, o homem poderá pegar seis anos de prisão.(ANSA)

Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.





Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos