Família de chineses cria urso achando que era cachorro

SÃO PAULO, 16 MAI (ANSA) - Uma família chinesa foi forçada a desistir de seu cachorro de estimação depois de perceber que o animal adotado desde filhote é na verdade um urso negro asiático ameaçado de extinção.   

A informação revelada pela agência "CCTV" afirma que a família, de sobrenome Su, relatou o incidente à polícia florestal local somente depois que o cachorro se transformou em um urso praticamente de tamanho adulto.   

"Nós o lavamos todos os dias e o alimentamos com dois baldes de macarrão e uma caixa cheia de frutas. Para ser sincero, agora nos sentimos muito ligados a ele", disse uma integrante da família.   

A menina ainda falou ao "China News" que a família ficou desconfiada quando o "cão" cresceu mais de 3 metros de altura e chegou a pesar 250 quilos.   

O pai dela disse que tentou enviar o animal para um zoológico local, mas sem a certidão de nascimento, ele não foi aceito.   

Desta forma, a polícia florestal enviou o urso para o centro de resgate e proteção de animais silvestres. De acordo com as autoridades, a família é suspeita de criar o animal ilegalmente, mas ela não foi punida porque está cooperando com os investigadores. O urso negro está listado como uma espécie de animal protegido na China devido ao comércio ilegal de partes de seu corpo.   

(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Receba por e-mail as principais notícias sem pagar nada.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos