Trump chama alguns imigrantes clandestinos de 'animais'

WASHINGTON, 16 MAI (ANSA) - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, chamou de "animais" alguns imigrantes clandestinos que entraram no país.   

A declaração foi dada durante uma reunião sobre as chamadas "cidades-santuário", que oferecem proteção a ilegais, e sobre gangues criminosas, como a "MS-13", que atua nas Américas Central e do Norte.   

"Nós expulsamos pessoas do país, vocês não podem acreditar o quanto elas são más. Não são homens, são animais", disse Trump.   

A reação da oposição foi imediata. "Os imigrantes são seres humanos, não animais, não criminosos, não traficantes de drogas, não estupradores", disse o deputado democrata Jared Polis.   

Durante a reunião, o presidente também falou que algumas cidades da Califórnia "oferecem proteção a certos delinquentes que são os mais violentos da Terra, como os membros da gangue MS-13".   

(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos