Grupo pró-Palestina protesta contra Giro d'Italia em Roma

SÃO PAULO, 25 MAI (ANSA) - A ponte Settimia Spizzichino, em Roma, na Itália, foi palco de uma manifestação pró-Palestina na madrugada da última quinta-feira (24), por ocasião do Giro d'Italia, que chegará à cidade no próximo domingo (27).   


Dezenas de ativistas penduraram na ponte uma faixa com a bandeira da Palestina e, logo ao lado, a frase "O Giro está sujo de sangue", pelo fato de a prova ter realizado suas três primeiras etapas em Israel.   


Por conta disso, o evento recebeu muitas críticas, principalmente da Organização para a Libertação da Palestina (OLP), que acusou o Giro de "legitimar a ocupação de Jerusalém".   


A ponte leva o nome da única sobrevivente de uma operação nazista no antigo gueto judaico de Roma, em 1943, que deportou quase 1,3 mil pessoas para o campo de extermínio de Auschwitz.   


"É uma vergonha usar a ponte chamada Settimia Spizzichino para fomentar o boicote a Israel. E é uma vergonha confundir o Holocausto com a polêmica de Israel", disse Carla Di Veroli, sobrinha de Spizzichino. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos