Berlusconi e Renzi criticam ameaças ao presidente da Itália

ROMA, 26 MAI (ANSA) - O ex-primeiro-ministro da Itália Silvio Berlusconi afirmou neste domingo (27) que é "irresponsável" pedir o impeachment do presidente Sergio Mattarella. Segundo o ex-premier, seu partido vai aguardar os próximos passos do chefe de Estado. Já Matteo Renzi acusou Liga e M5S de fazerem uma "ameaça indigna" contra Mattarella. "Com as instituições não se brinca", disse. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos