Conte e ministros tomam posse como novo governo da Itália

ROMA, 1 JUN (ANSA) - O jurista Giuseppe Conte fez nesta sexta-feira (1) o juramento para tomar posse como premier da Itália, junto com seu gabinete formado por 18 ministros.   

A cerimônia ocorreu no Palácio do Quirinale, em Roma, diante do presidente da República, Sergio Mattarella.   

Pela manhã, ao deixar sua casa no centro da capital italiana, Conte disse aos jornalistas que estava "um pouco emocionado".   

"Grande força, grande entusiasmo e determinação. Queremos trabalhar pelos interesses do país e dos italianos. Tentaremos dar o nosso máximo. O país precisa de confiança", disse Conte.   

O nome do jurista foi sugerido para o cargo de primeiro-ministro pelos partidos Movimento 5 Estrelas (M5S) e Liga Norte, que chegaram a um acordo para formar um governo. Porém, a primeira tentativa de Conte de montar um gabinete falhou no último domingo, quando o jurista apresentou o eurocético Paolo Savona como ministro da Economia - ideia rejeitada por Mattarella. Conte renunciou ao mandato, que foi assumido por apenas quatro dias pelo economista Carlo Cottarelli. Nas últimas horas, no entanto, o M5S e a Liga chegaram a um novo acordo e Conte foi indicado novamente como premier. Dessa vez, sua lista de ministro fora aceita por Mattarella. "A sua nomeação chega em um momento crucial para a Itália e para toda a União Europeia (UE). Para superar nossos desafios comuns, é preciso união e solidariedade, mais do que nunca. Acredito fortemente que a nossa comunidade florescerá baseada no respeitoso diálogo e fé na cooperação, os quais darei o meu melhor para assegurar", disse o presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos