Topo

Irã e Grécia cortam relações no futebol

01/06/2018 13h36

TEERÃ, 01 JUN (ANSA) - As federações de futebol do Irã e da Grécia cortaram relações após um amistoso entre os dois países em Istambul, na Turquia, ter sido repentinamente cancelado devido às tensões entre gregos e turcos.   


De acordo com um comunicado emitido pela federação iraniana, divulgado ontem (31) pela mídia do país, o cancelamento causou "sérios danos" aos preparativos da seleção do Irã para a Copa do Mundo de 2018, na Rússia.   


Ainda no comunicado, os iranianos afirmaram que vão tomar "medidas legais", por meio da Fifa, para obrigar a Grécia a compensar financeiramente os atletas do Irã e a disputar a partida que foi cancelada.   


A entidade que rege o futebol iraniano ainda descreveu como "falta de respeito, moralidade e responsabilidade" a atitude da federação grega. O Irã ainda agradeceu o "apoio, profissionalismo e comprometimento" da federação turca de futebol.   


O amistoso entre Grécia e Irã seria realizado neste sábado (2), no Estádio Olímpico Atatürk, em Istambul, casa do Basaksehir. O jogo substituto, que seria contra Kosovo, também foi cancelado.   


Turquia e a vizinha Grécia estão em tensão desde que os turcos prenderam dois soldados gregos em uma patrulha de fronteira. Até o momento, a Federação Grega de Futebol não se pronunciou sobre o caso.   


Na Copa do Mundo, o Irã caiu no grupo B, ao lado de Marrocos, Espanha e Portugal. Sua estreia será no dia 15 de junho, diante dos marroquinos. Já a Grécia, após ter disputado as edições de 2010 e 2014, não se classificou para o Mundial de 2018.(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.