PUBLICIDADE
Topo

Fifa multa Xhaka e Shaqiri por comemoração pró-Kosovo

25/06/2018 19h06

MOSCOU, 25 JUN (ANSA) - A Fifa multou os meio-campistas suíços Granit Xhaka e Xherdan Shaqiri por causa de suas manifestações políticas nas comemorações dos gols da vitória por 2 a 1 sobre a Sérvia, na segunda rodada do grupo E da Copa do Mundo.   


Na ocasião, os dois jogadores, ambos de origem kosovar, fizeram um sinal com as mãos simbolizando a águia da bandeira da Albânia, etnia dominante no Kosovo, cuja independência ainda não é reconhecida por Belgrado.   


Xhaka e Shaqiri deverão pagar, cada um, 10 mil francos suíços (cerca de R$ 39 mil, pela cotação atual). Já o lateral-direito Stephen Lichtsteiner terá de desembolsar 5 mil francos (R$ 19 mil) por também ter participado da comemoração. Segundo a Fifa, os três suíços tiveram um comportamento "antidesportivo".   


No entanto, eles ficam livres para encarar a Costa Rica na rodada final da fase de grupos. A entidade ainda multou a Federação de Futebol da Sérvia em 54 mil francos (R$ 206 mil) por causa do comportamento discriminatório de torcedores que foram ao estádio vestindo camisas com a imagem de Ratko Mladic, criminoso de guerra condenado pelo massacre de 8 mil bósnios em Srebrenica, em 1995.   


Já o presidente da federação, Slavisa Kokeza, e o técnico Mladen Krstajic foram multados em 5 mil francos cada um por criticar a arbitragem do jogo. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.