PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Itália autoriza estrangeiros a dirigirem museus do país

25/06/2018 18h18

ROMA, 25 JUN (ANSA) - O Conselho de Estado, última instância da Justiça administrativa da Itália, autorizou que estrangeiros exerçam cargos de direção em museus no país, nesta segunda-feira (25).   

A decisão põe fim a um longo procedimento judiciário iniciado após um recurso contra a indicação de cinco pessoas de outros países para dirigir importantes museus italianos, aprovados pelo ministro dos Bens e Atividades Culturais na época, Dario Franceschini.   

Em maio de 2017, o Tribunal Administrativo Regional (TAR) do Lazio havia considerado as indicações irregulares, pois contrariavam uma lei que impede cidadãos não italianos de assumirem cargos importantes em museus.   

A decisão do TAR foi suspensa pelo Conselho de Estado, com base na normativa da União Europeia "que não consente a exclusão de um cidadão da UE em uma seleção pública". Entre os museus beneficiados pela medida estão as Gallerie degli Uffizi, em Florença, dirigidas pelo alemão Eike Schmidt. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Internacional