PUBLICIDADE
Topo

Estrela do Irã anuncia aposentadoria da seleção

28/06/2018 15h48

TEERÃ, 28 JUN (ANSA) - Conhecido como o "Messi iraniano", o atacante Sardar Azmoun, de 23 anos, anunciou nesta quinta-feira (28), em suas redes sociais, sua aposentadoria da seleção do Irã, após a eliminação do país asiático na primeira fase da Copa do Mundo de 2018, na Rússia.   


Segundo o jogador, a sua prematura despedida é motivada pelas excessivas críticas recebidas durante o Mundial, que "arruinaram a saúde" da mãe de Azmoun.   


"Jogar pela seleção nacional foi uma grande honra para mim, e vou me sentir orgulhoso disso para sempre, mas certas críticas arruinaram a saúde da minha mãe", revelou o atacante. Por ser um dos grandes astros do futebol iraniano, havia muita expectativa sobre ele, mas Azmoun saiu da Copa sem marcar nenhum gol nas três partidas que disputou.   


Por conta do futebol abaixo do esperado, começou a receber muitas críticas da torcida iraniana. Outro que também deixou a seleção após a Copa é o atacante Reza Ghoochannejhad, de 30 anos. O jogador do Heerenveen, da Holanda, deixa o Irã com 44 partidas e 16 gols marcados.   


Azmoun joga atualmente no Rubin Kazan, da Rússia, mas tem passagens por Sepahan e Rostov. Na seleção iraniana, tem 23 gols em 36 partidas.(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.