PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Juiz da Suprema Corte se aposenta e dá vantagem a Trump

28/06/2018 11h09

WASHINGTON, 28 JUN (ANSA) - O juiz Anthony Kennedy da Suprema Corte dos Estados Unidos anunciou ontem (27) que irá se aposentar, dando ao presidente Donald Trump a possibilidade de indicar um novo magistrado e consolidar o domínio conservador.   

Kennedy, de 81 anos, deixará o posto em 31 de julho. Ele foi indicado à Suprema Corte por Ronald Reagan em 1988 e é considerado um juiz conversador, embora costumasse acompanhar votos de magistrados progressistas em temas sociais.   

Em uma nota oficial, os assessores disseram que a decisão do juiz foi motivada por querer passar mais tempo com sua família.   

"Foi uma grande honra e privilégio servir ao meu país", disse o magistrado.   

O posto vago abre uma corrida política, com Trump querendo indicar um juiz conservador de sua confiança, enquanto os democratas tentam tirar o controle do Congresso nas eleições de novembro. O republicano alega desde sua campanha eleitoral que "muitos dos males" nos EUA são causados por decisões progressistas da Corte.   

(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Internacional