PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Autor de ataque nos EUA havia processado jornal por calúnia

29/06/2018 12h17

WASHINGTON, 29 JUN (ANSA) - O autor do tiroteio que deixou cinco mortos na redação de um jornal de Annapolis, nos Estados Unidos, foi identificado como Jarrod Ramos, de 38 anos, residente na cidade vizinha de Laurel.   

O agressor foi formalmente denunciado por homicídio premeditado e tinha um histórico de brigas na Justiça contra o diário "Capital Gazette", palco do desastre. Ele processara o jornal por "difamação", por causa de um artigo sobre sua condenação por stalking, em 2011, contra uma ex-colega, mas acabou perdendo a causa.   

Segundo o chefe da polícia local, William Krampf, o jornal recebeu ameaças pelas redes sociais antes do ataque, e os investigadores trabalham para descobrir se as contas tinham relação com Ramos.   

O ataque ocorreu na última quinta-feira (28) e deixou cinco mortos, sendo quatro jornalistas - Rob Hiaasen, Wendi Winters, John McNamara e Gerald Fischman - e uma funcionária comercial, Rebecca Smith. Ramos chegou a mutilar seus dedos em uma tentativa de tornar mais difícil sua identificação por impressão digital. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Internacional