PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Morre cardeal Tauran, que anunciou eleição do papa Francisco

07/07/2018 09h39

CIDADE DO VATICANO, 6 JUL (ANSA) - O cardeal francês Jean-Louis Tauran, de 75 anos, morreu na última quinta-feira (5), nos Estados Unidos, informou o Vaticano. Tauran, presidente do Pontifício Conselho para o Diálogo Interreligioso, sofria de problemas de saúde e estava nos Estados Unidos para tratamentos contra o Mal de Parkinson.   

Carmelengo da Igreja Católica, Tauran foi um dos impulsionadores das relações entre o catolicismo e o islã.   

Como cardeal mais velho, foi encarregado de anunciar ao público, no dia 13 de março de 2013, a eleição de Jorge Mario Bergoglio a Papa. Tauran nasceu em 5 de abril de 1943. Foi ordenado sacerdote em 20 de setembro de 1969 e entrou, depois, no serviço diplomático da Santa Sé, antes de ser nomeado secretário da Congregação para os Bispos e arquivista e bibliotecário do Vaticano (2003-2007).   

Cardeal desde 2003, foi secretário do Vaticano para as relações com os Estados, posição na qual se destacou pela oposição à intervenção militar dos Estados Unidos no Iraque. Desde 2007, era o rosto da Santa Sé para as iniciativas do diálogo entre as religiões.   

(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Internacional