PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Governo italiano devolve Airbus alugado por Renzi

26/07/2018 16h22

ROMA, 26 JUL (ANSA) - O governo da Itália suspendeu nesta quinta-feira (26) o contrato de leasing do avião Airbus A340-500 que havia sido assinado pela gestão de Matteo Renzi.   

"Menos desperdício de dinheiro público, menos despesas inúteis.   

O governo que presido quer dar um sinal forte de mudança em relação ao passado", afirmou, no Facebook, o primeiro-ministro Giuseppe Conte.   

Segundo o premier, seriam gastos, em oito anos de aluguel, 150 milhões de euros, além dos 20 milhões de euros desembolsados para reconfigurá-lo. O contrato de leasing havia sido assinado com a Etihad Airways, proprietária do avião, no início de 2016.   

A empresa é acionista minoritária (49%) da Alitalia, que está sob intervenção do governo italiano e foi colocada à venda.   

"Esse avião é o símbolo da arrogância do poder de Renzi e de todos aqueles que o apoiaram", declarou o ministro dos Transportes Luigi Di Maio.   

O ex-premier rebateu por meio de sua página no Facebook. "Quando voltam bravatas como essa, quer dizer que estão desesperados: aquele avião não era para mim, era para missões internacionais das empresas, eu nunca coloquei os pés nele", rebateu Renzi.   

(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Internacional