PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Saviano é investigado por suposta difamação contra ministro

27/07/2018 12h31

ROMA, 27 JUL (ANSA) - O Ministério Público da Itália abriu um inquérito contra o escritor Roberto Saviano, autor de "Gomorra", por suposta difamação contra o ministro do Interior do país, Matteo Salvini.   

A denúncia foi apresentada pelo próprio secretário da Liga e diz respeito a mensagens postadas no Facebook nas quais o jornalista o chama de "ministro do submundo".   

As declarações de Saviano foram uma reação à insinuação de que sua escolta deveria ser retirada - o escritor vive sob proteção há mais de 10 anos, devido à publicação do livro "Gomorra", que narra as entranhas da Camorra, a máfia napolitana.   

"Saviano investigado? Me parece o mínimo. Uma coisa é a crítica, a outra é me chamar de mafioso", disse Salvini. Já Saviano manteve o tom e afirmou que enfrentará a denúncia do "ministro do submundo de cabeça erguida". "Não recuarei um passo na crítica a seu modus operandi. Não tenho medo, nunca tive", afirmou.   

Desde a posse do novo governo italiano, Saviano tem sido uma das principais vozes contra o endurecimento das políticas migratórias do país e ainda acusa Salvini, responsável pelas forças de segurança da Itália, de ter sido apoiado na Calábria pela 'ndrangheta, uma das máfias mais poderosas da península.   

Em junho passado, durante uma entrevista à "RAI", Salvini disse que as instituições competentes avaliariam se o escritor deve continuar sob escolta ou não, acrescentando, em tom de ironia, que Saviano "passa muito tempo no exterior". (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Internacional