PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Militar se suicida no palácio de Berlusconi em Roma

29/07/2018 12h56

ROMA, 29 JUL (ANSA) - Um militar italiano se suicidou na tarde do último sábado (28) no Palácio Grazioli, residência oficial do ex-primeiro-ministro Silvio Berlusconi em Roma.   

Durante seu turno, o cabo-maior Enrico De Mattia, originário de Angri, no sul do país, entrou em um banheiro do edifício e disparou na cabeça com sua pistola.   

De Mattia trabalhava na "Operação Ruas Seguras", iniciada sob o governo Berlusconi, em 2008, e que permite a utilização das Forças Armadas na segurança pública e na proteção de locais considerados "sensíveis".   

Fontes do Exército informaram à ANSA que o suicídio estaria ligado a "motivos sentimentais". O Palácio Grazioli fica no centro de Roma e é alugado a Berlusconi já há vários anos.   

(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Internacional