PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Sergio Marchionne foi sepultado em cidade do Canadá

24/08/2018 16h41

ROMA, 24 AGO (ANSA) - O ex-CEO da Fiat Chrysler Automobiles (FCA) Sergio Marchionne, morto no último dia 25 de julho, foi sepultado no cemitério católico de Vaughan, no bairro de York, nordeste de Toronto, no Canadá, informou a imprensa local nesta sexta-feira (24). O executivo teria sido cremado e suas cinzas enterradas no túmulo da família, onde está seu pai, Concezio, sua mãe, Maria Zuccon, e sua irmã, Luciana Marchionne. Conhecido como "salvador" da Fiat, Marchionne faleceu aos 66 anos de idade, em um hospital de Zurique, na Suíça, onde estava internado em estado grave, após sofrer complicações depois de uma cirurgia no ombro direito.   

A informação sobre o local do funeral era desconhecida. No entanto, o importante revendedor da FCA de Toronto, Rimo Ferri, revelou ter visitado o túmulo no Canadá.   

Nascido na Itália, Marchionne imigrou com sua família para o Canadá aos 13 anos, onde estudou filosofia, economia e direito.   

Lá, ele fez carreira como auditor e executivo de finanças.   

Marchionne será homenageado durante duas cerimônias públicas em sua memória. A primeira acontecerá no dia 14 de setembro, na Catedral de Turim, enquanto que a segunda será no dia 27 de setembro, em Detroit. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Internacional