PUBLICIDADE
Topo

Humorista diz ter recebido vídeo sensual de Asia Argento

25/08/2018 11h00

ROMA, 25 AGO (ANSA) - Um humorista britânico afirmou que recebera um vídeo de topless da atriz e cineasta italiana Asia Argento, que é porta-voz do movimento "Me Too" ("Eu Também") e acusada de abuso sexual pelo jovem norte-americano Jimmy Bennett.   


A declaração foi dada pelo cômico Jeff Leach, 34 anos, em junho passado, durante um podcast, mas voltou à tona agora, em meio ao escândalo que envolve uma das mais célebres líderes feministas na Itália.   


Em seu relato, Leach diz que o episódio ocorreu há alguns anos, quando a atriz enviou de surpresa um vídeo de topless. O humorista, que estava ao lado da namorada quando recebeu a gravação, afirmou ter se irritado e dito que ela não podia lhe mandar aquilo.   


Ainda de acordo com o britânico, Argento rebateu que gostava de mandar fotos e vídeos nua a amigos, sem malícia ou interesse. Em entrevista ao tabloide britânico "Daily Mail", Leach acrescentou que a italiana sabia que ele namorava e que ela estava recém-divorciada do diretor Michele Civetta (a separação ocorreu em 2013).   


"Não digo que ela não tenha sido violentada, mas talvez não seja a melhor porta-voz do movimento [Me Too]", disse o cômico.   


Argento denunciou ter sido estuprada pelo ex-produtor Harvey Weinstein durante o Festival de Cannes de 1997, mas passou a viver o outro lado da moeda com a acusação de Bennett.   


Segundo o norte-americano, ele foi abusado pela atriz quando tinha 17 anos, em um hotel na Califórnia, onde adultos não podem fazer sexo com menores de 18. Argento alega que nunca transou com Bennett e que ele tentou extorqui-la. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.