PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Homem vítima de novichok é internado no Reino Unido

27/08/2018 15h05

ROMA, 27 AGO (ANSA) - Foi internado na semana passada o britânico Charlie Rowley, 45 anos, vítima de contaminação com um agente químico do tipo novichok em Amesbury, no Reino Unido, a apenas 13 quilômetros da cidade onde o ex-espião russo Serghei Skripal e sua filha, Yulia, foram atacados com a mesma substância.   

Rowley foi contaminado ao lado de sua esposa, Dawn Sturgess, 44, no último dia 30 de junho, mas sobreviveu, ao contrário de sua companheira, morta em 8 de julho. No entanto, o britânico voltou ao hospital com suspeita de meningite, talvez causada pela toxina. Seu estado é grave.   

A hipótese é que o casal tenha sido contaminado por resíduos da substância usada para atacar Skripal, um ex-espião russo que trabalhava como agente duplo para o Reino Unido. Tanto ele quanto a filha sobreviveram.   

O caso elevou a tensão entre Londres e Moscou, já que o novichok é uma criação de origem soviética. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Internacional