PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Trump quebra silêncio e comenta sobre morte de McCain

28/08/2018 09h49

WASHINGTON, 28 AGO (ANSA) - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, quebrou o silêncio e falou nesta terça-feira (28) sobre morte do senador republicano John McCain.   

Até então, o presidente havia comentando sobre o ocorrido apenas com um breve tweet e uma nota da Casa Branca. Além disso, Trump vetou um comunicado do governo que chamava McCain de "herói", principalmente por ele ter sido um veterano de guerra.   

"Nossos corações e orações são para a família do senador John McCain, nós apreciamos tudo o que McCain fez pelo nosso país", disse Trump durante um jantar com líderes evangélicos.   

A relação conturbada entre os dois políticos começou em 2015, durante a campanha pré-eleitoral, quando Trump reduziu a importância do fato de McCain ter sido prisioneiro de guerra durante cinco anos, ao afirmar que preferia "as pessoas que não foram capturadas".   

McCain faleceu no último sábado (25), após uma longa batalha contra um agressivo tumor cerebral.(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Internacional