PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Rússia fará exercício em larga escala no Mediterrâneo

30/08/2018 12h23

MOSCOU, 30 AGO (ANSA) - As forças navais da Rússia realizarão um exercício militar de grandes proporções no Mediterrâneo entre 1º e 8 de setembro, em meio às ameaças de ataque contra a Síria por parte dos Estados Unidos.   

A operação envolverá 25 navios de guerra e cerca de 30 aviões, incluindo bombardeiros, segundo o Ministério da Defesa de Moscou.   

"Exercícios de larga escala das forças navais e aeroespaciais russas acontecerão de 1º a 8 de setembro no Mar Mediterrâneo, sob comando do chefe do Estado-Maior da Marinha, almirante Vladimir Korolev", diz uma nota oficial.   

Recentemente, os EUA se disseram prontos a atacar o regime de Bashar al Assad no caso de novo uso de armas químicas contra a população civil. No entanto, Moscou alega que milicianos da Al Qaeda e rebeldes estão preparando uma ação tóxica em Idlib para tentar culpar Damasco.   

Desde a posse de Donald Trump, em janeiro de 2017, os Estados Unidos já bombardearam a Síria duas vezes, em resposta a ataques químicos atribuídos a Assad. Idlib fica no noroeste da Síria e está sob controle de grupos contrários ao regime, incluindo terroristas da Al Qaeda.   

O enviado especial das Nações Unidas (ONU) para o país árabe, Staffan de Mistura, afirmou que cerca de 3 milhões de civis vivem na região de Idlib e arriscam ser vítimas de conflitos.   

Ele também cobrou das partes envolvidas a evacuação dos civis antes da iminente ofensiva do governo Assad, com apoio da Rússia e do Irã. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Internacional