PUBLICIDADE
Topo

Bispo alemão pede desculpas às vítimas de abusos sexuais

25/09/2018 16h09

BERLIM, 25 SET (ANSA) - O líder da Igreja Católica da Alemanha, o cardeal Reinhard Marx, pediu desculpas nesta terça-feira (25), na cidade de Fulda, a milhares de vítimas de abuso sexual pelo clero "por toda a dor causada".   

"Durante tempo demais nós da Igreja fizemos vista grossa, negamos, acobertamos e não queríamos que isso fosse verdade. Por todas as falhas, dor e sofrimento, eu devo pedir desculpas como presidente da Conferência dos Bispos, assim como pessoalmente", disse Marx.   

De acordo com um estudo divulgado hoje em uma assembleia geral da Conferência dos Bispos Alemães, foram documentados 3.677 casos de abuso sexual entre os anos de 1946 e 2014. O relatório ainda mostrou que 1.670 religiosos estariam envolvidos no escândalo.   

"O estudo nos mostra claramente que a Igreja Católica de forma alguma superou essa questão de lidar com abuso sexual de menores. Aqueles que são culpados devem ser punidos", acrescentou o cardeal.   

O levantamento apontou que as consequências para as vítimas dos abusos foram "duradouras e graves". Um terço delas afirmou ter dificuldades de se relacionar sexualmente; já um quinto das vítimas sofre de depressão.   

De acordo com um dos autores do relatório, Harald Dressing, os números "são a ponta do iceberg", já que provavelmente, muitos casos nunca foram denunciados pelas vítimas.(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.