PUBLICIDADE
Topo

Cofundadores anunciam saída do Instagram

25/09/2018 13h20

SÃO FRANCISCO, 25 SET (ANSA) - Os cofundadores da rede social Instagram, o norte-americano Kevin Systrom e o brasileiro Mike Krieger, anunciaram nesta segunda-feira (24) que deixarão a empresa nas próximas semanas, "para explorar novamente" sua "curiosidade e criatividade".   

De acordo com o jornal "The New York Times", Systrom e Krieger não deram explicações sobre o motivo pelo qual estão se despedindo da rede social. "Vamos tirar um tempo de descanso, para depois explorar novamente nossa criatividade e curiosidade.   

Construir coisas novas exige um passo para trás, entender o que nos inspira e combiná-lo com o que o mundo necessita. Isso é o que planejamos fazer", disse Systrom, que era CEO do Instagram.   

A dupla criou a rede social em 2010 e a vendeu dois anos depois, ao Facebook, por US$ 1 bilhão - essa foi a aquisição mais cara feita por Mark Zuckerberg. Na época em que foi vendido, o Instagram possuía cerca de 31 milhões de usuários. Já sob o comando do Facebook, o aplicativo conseguiu atingir a marca de mais de 1 bilhão de contas.   

"Mike e eu somos gratos pelos últimos oito anos no Instagram e os seis anos com a equipe do Facebook. Crescemos de 13 pessoas para quase mil, com escritórios em todo o mundo. Agora estamos prontos para nosso próximo capítulo", acrescentou Systrom.   

Apesar do escândalo de privacidade no qual o Facebook está envolvido, o Instagram tem sido um dos grandes pontos positivos para Zuckerberg, principalmente por ser popular entre os jovens.   

Além disso, o aplicativo não foi atingido por problemas em relação à privacidade de usuários e de interferência em eleições e notícias falsas. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.