PUBLICIDADE
Topo

Comitê do Senado aprova indicado de Trump à Corte dos EUA

28/09/2018 15h41

WASHINGTON, 28 SET (ANSA) - A Comissão de Justiça do Senado aprovou nesta sexta-feira (28) a nomeação do juiz Brett Kavanaugh, acusado por três mulheres de abuso sexual, para assumir a Suprema Corte dos Estados Unidos. A votação foi definida por 11 votos a favor e 10 contrários e, agora, o processo vai seguir para o Senado, onde pelo menos 50 dos 100 senadores precisam ter votos favoráveis para que Kavanaugh seja confirmado oficialmente. O resultado de hoje ocorre um dia depois da audiência na qual a professora de psicologia Christine Blasey Ford voltou a acusar Kavanaugh de tentar estuprá-la, há mais de 30 anos, quando ambos estavam no Ensino Médio. Além disso, durante o processo, Kavanaugh chegou a ser acusado de "conduta sexual inadequada" por outras duas mulheres, o que gerou uma divergência entre os republicanos. Jeff Flake e mais dois senadores pediram o adiamento da votação para a próxima semana até que as acusações fossem investigadas. Os republicanos detêm uma estreita maioria de 51-49 no Senado, o que significa que dois legisladores do Partido Republicano podem garantir ou barrar a confirmação de Kavanaugh.   

Caso seja aprovado pelos senadores, o juiz substituirá Anthony Kennedy e deverá adotar uma postura mais conservadora em temas polêmicos como casamento homossexual, pena de morte e aborto.   

(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.