PUBLICIDADE
Topo

Supostas bombas foram enviadas da Flórida, diz NYT

25/10/2018 19h07

WASHINGTON,25 OUT (ANSA) - Investigações preliminares mostraram que os diversos pacotes suspeitos com dispositivos explosivos endereçados a diferentes ícones progressistas nos últimos dias teriam sido enviados do sul da Flórida, informou o jornal The New York Times, nesta quinta-feira (25), citando autoridades. De acordo com a publicação, todas as 10 correspondências descobertas desde a última segunda-feira (22) estavam com endereço de retorno da congressista democrata da Flórida, Debbie Wasserman Schultz.   

A informação foi obtida em decorrência das análises coletadas pelo Serviço Postal dos Estados Unidos, que indicam o envio de diversos pacotes a partir do correio do estado. Uma autoridade policial disse que o envelope e as etiquetas impressas nos pacotes enviados ao ex-vice-presidente Joseph R.   

Biden Jr. e ao ator Robert De Niro foram semelhantes aos enviados ao ex-presidente Barack Obama e à ex-secretária de Estado Hillary Clinton.   

Um raio X mostrou que o pacote enviado a De Niro continha um dispositivo que, como os outros, parecia ser uma bomba de cano.   

Investigadores federais, estaduais e locais em Nova York, Washington, Flórida e Los Angeles uniram forças para descobrir mais detalhes sobre o caso, principalmente para saber se os pacotes foram enviados por uma ou mais pessoas. De acordo com o jornal norte-americano, citando uma fonte, provavelmente as bombas foram enviadas pelo correio para pessoas que são críticas do presidente e já foram difamadas pela direita. Como todos os dispositivos foram interceptados antes, as autoridades também investigam se eles realmente têm poder de destruição. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.