PUBLICIDADE
Topo

Internacional

França prende suposto espião da Coreia do Norte no Senado

27/11/2018 12h11

PARIS, 27 NOV (ANSA) - Um funcionário de alto escalão do Senado da França foi preso pelos serviços secretos do país por suspeita de espionar para a Coreia do Norte.   

Segundo o jornal "Le Monde", que cita uma "fonte judiciária", o homem, Benoit Quennedey, foi detido na noite do último domingo (25), no âmbito de um inquérito aberto em março passado pelo Ministério Público de Paris.   

Os investigadores apuram uma suposta "coleta e entrega de informações potencialmente capazes de prejudicar os interesses fundamentais da nação a uma potência estrangeira".   

Quennedey é um dos administradores da direção de arquitetura, patrimônio e jardins do Senado francês e foi preso a pedido da Direção-Geral de Segurança Interna (DGSI), órgão de inteligência do país.   

O funcionário já viajou para as Coreias como chefe da Associação de Amizade Franco-Coreana e escreveu um livro e ensaios sobre o Norte. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Internacional