PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Itália condena marroquino por terrorismo

27/11/2018 16h54

GENOVA, 27 NOV (ANSA) - A justiça de Gênova, na Itália, condenou o marroquino Nabir Benamir a cinco anos e 10 meses de prisão.   

Ele foi preso em 2017 sob acusação de terrorismo. Segundo as autoridades, Benamir estaria pronto para realizar um atentado suicida no momento da prisão.   

Além da reclusão, o marroquino terá de ressarcir o Estado em 50 mil euros. O promotor Federico Manotti, que coordenou o inquérito, pediu que a pena fosse de oito anos e oito meses. O homem está detido em uma prisão de segurança máxima na cidade de Sassari, na ilha de Sardenha, onde, segundo os investigadores, continuava a realizar atividades relacionadas com organizações terroristas. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Internacional