PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Itália prende mafioso da Camorra foragido há 15 anos

27/11/2018 17h01

NÁPOLES, 27 NOV (ANSA) - Os carabineiros de Nápoles, no sul da Itália, prenderam nesta terça-feira (27) Antonio Orlando, de 60 anos de idade, um chefe da máfia Camorra que estava foragido havia 15 anos e era considerado um dos fugitivos mais perigosos do país. A operação foi comandada por agentes da Direção Distrital Antimáfia (DDA), que emitiram dois mandados de detenção contra Orlando por associação criminosa. Ele foi preso em um apartamento localizado em Mugnano, em Nápoles, onde estava refugiado há poucos dias.   

O mafioso é chefe do clã "Orlando-Nuvoletta-Polverino", formado por três poderosas famílias da máfia napolitana. Antes de ser detido, ele chegou a queimar alguns arquivos e documentos, informou a polícia italiana. Segundo as autoridades, Orlando acumulou uma fortuna ao longo dos anos graças ao tráfico de drogas, principalmente por supervisionar um canal para importação de haxixe entre Itália e Marrocos.   

A prisão foi comemorada pelo vice-primeiro-ministro e ministro do Interior da Itália, Matteo Salvini, que parabenizou todas as forças de segurança e ressaltou que a "boa vida" de Orlando acabou. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Internacional