PUBLICIDADE
Topo

Turismo na Itália volta a bater recordes em 2017

27/11/2018 11h57

ROMA, 27 NOV (ANSA) - O Instituto Nacional de Estatística (Istat) certificou nesta terça-feira (27) um novo recorde para o turismo na Itália.   


Segundo relatório da entidade, o ano de 2017 registrou uma nova máxima histórica nos serviços de hospedagem, superando as 420 milhões de pernoites (+4,4% em relação a 2016) e 123 milhões de chegadas (+5,3%).   


O crescimento foi maior do que a média europeia, e a Alemanha se confirmou como primeira em proveniência de turistas estrangeiros na Itália, com 14,1% do total. Na sequência aparecem França, Reino Unido e Estados Unidos.   


Levando em conta apenas os hotéis e estabelecimentos semelhantes, foram 275,1 milhões de pernoites (+2,8%) e 93,8 milhões de chegadas (+3,9%), com uma média de 2,9 por cliente.   


Já os serviços alternativos, como de aluguéis breves, por exemplo, totalizaram 145,5 milhões de diárias (+7,5%) e 29,4 milhões de chegadas (+10,2%), com uma permanência média de 4,9 noites. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.