Topo

Macron diz que acordo entre UE-Mercosul depende de Bolsonaro

2018-11-30T12:37:00

30/11/2018 12h37

BUENOS AIRES, 30 NOV (ANSA) - O presidente da França, Emmanuel Macron, afirmou nesta quinta-feira (29) que o seu apoio ao acordo comercial entre a União Europeia (UE) e o Mercosul dependerá da posição do futuro mandatário brasileiro, Jair Bolsonaro, sobre o Acordo Climático de Paris.   


As afirmações do chefe de Estado francês foram concedidas em uma entrevista coletiva conjunta com o presidente da Argentina, Mauricio Macri, com quem se reuniu antes do início da cúpula do G20, em Buenos Aires.   


"Não podemos pedir aos agricultores e trabalhadores franceses que mudem seus hábitos de produção para liderar a transição ecológica e assinar acordos comerciais com países que não fazem o mesmo. Queremos acordos equilibrados", disse Macron.   


A negociação entre Mercosul e União Europeia (UE) já dura quase 20 anos, e a França é uma das nações com mais ressalvas sobre o tema. No entanto, a mudança política no Brasil poderá continuar adiando a conclusão do acordo.   


Além do entrave das negociações entre UE e Mercosul, o presidente francês também elogiou Macri por estar seguindo um "rumo claro" e confirmou que pretende avançar as relações com a Argentina.   


Macron ainda revelou que tem uma "relação fácil" com o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, mas admitiu que há "desacordos e acordos" nas discussões sobre clima e o comércio.(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Mais Notícias