Topo

Qatar anuncia que sairá da Opep em janeiro

03/12/2018 08h10

ROMA, 3 DEZ (ANSA) - O Qatar anunciou hoje (3) que deixará em janeiro a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep). De acordo com o ministro de Energia Saad al-Kaabi, o Qatar pretende se concentrar na produção e comercialização de gás natural.   

Atualmente, o Qatar é apenas o 11º produtor de petróleo da Opep, mas é o maior exportador do mundo de gás natural. As autoridades de Doha pretendem elevar a produção de gás de 77 milhões de toneladas para 110 milhões de toneladas nos próximos anos.   

O país integra a Opep desde 1961 e, segundo especulações do jornal "Financial Times", a decisão de sair da entidade foi estimulada por uma degradação das relações do Qatar com outros membros do grupo - apesar de Doha negar oficialmente essa versão.   

No ano passado, a Arábia Saudita, os Emirados Árabes Unidos, o Bahrein e o Egito cortaram as relações comerciais com o Qatar, acusando o país de apoiar e financiar o terrorismo. Os membros da Opep irão se reunir na próxima quinta-feira (6), em Viena, na Áustria. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.