Topo

Anac confirma que avião que caiu com Boechat estava regular

11/02/2019 16h03

SÃO PAULO, 11 FEV (ANSA) - A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) informou na tarde desta segunda-feira (11) que o helicóptero que caiu em São Paulo, matando o jornalista Ricardo Boechat e o piloto Ronaldo Quattrucci, estava em situação regular junto ao órgão.   


"De acordo com o Registro Aeronáutico Brasileiro (RAB), a aeronave estava com o Certificado de Aeronavegabilidade válido, bem como a Inspeção Anual de Manutenção, ou seja, em situação regular", diz o comunicado.   


Segundo a Anac, o helicóptero, de matrícula PT-HPG, da fabricante Bell Helicopter, tinha certificado válido até maio de 2023. A aeronave, de propriedade da RQ Servicos Aéreos Especializados LTDA, retornava para a capital paulista quando caiu no trecho do Rodoanel que dá acesso à Rodovia Anhanguera, em São Paulo, após levar Boechat para participar de um evento de um laboratório farmacêutico em Campinas.   


Investigadores do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa), da Aeronáutica, iniciaram um inquérito sobre a queda do helicóptero, informou o site "G1".   


O órgão, citado pela publicação, informa que agentes do Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Seripa IV) coletarão dados, como "fotografar cenas, retirar partes da aeronave para análise, reunir documentos e ouvir relatos de pessoas que possam ter observado a sequência de eventos". (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Mais Notícias