PUBLICIDADE
Topo

CR7 é criticado por provocação e partida abaixo do esperado

21/02/2019 14h36

SÃO PAULO, 21 FEV (ANSA) - Após a derrota diante do Atlético de Madrid, pela Liga dos Campeões, o astro português Cristiano Ronaldo foi muito criticado nesta quinta-feira (21) pela imprensa internacional. Além da atuação abaixo do esperado, o jogador deixou o estádio Wanda Metropolitano furioso e provocou o antigo rival.   


Na zona de entrevistas, o atleta da Juventus estava nervoso por conta da derrota e ressaltou que tem cinco títulos da Champions, enquanto o Atlético de Madrid nenhum.   


"Tenho cinco Champions, o Atlético, zero. Já veremos na volta", afirmou o português, que fez o número cinco com as mãos.   


CR7 repetiu o gesto durante o jogo, quando ainda estava 0 a 0.   


Na ocasião, o atleta fez um cinco com a mão em direção a uma parte da torcida do clube espanhol, que o chamava de violador e sonegador, em referência às acusações de estupro e fraude fiscal.   


Em entrevista à rádio italiana "CRC", o presidente do Atlético de Madrid, Enrique Cerezo, respondeu a provocação de Cristiano Ronaldo.   


"Para mim, Cristiano Ronaldo não ganhou cinco títulos da Liga dos Campeões, mas sim três e por uma razão muito simples: as duas contra o Atlético de Madrid não foi ele que conquistou.   


Quem foi? Sobre isso falamos na próxima entrevista", afirmou o mandatário colchonero.   


Após o confronto e um pouco mais calmo, Cristiano Ronaldo escreveu em suas redes sociais que "foi uma noite difícil", e o que resta para a Velha Senhora é apenas "acreditar" na classificação para as quartas de final da Liga dos Campeões.   


Em campo, CR7 pouco fez para tentar evitar a derrota da Juventus. O grande momento do português foi no começo da partida, quando obrigou o goleiro Jan Oblak realizar grande defesa em uma cobrança de falta.   


Nesta temporada, Cristiano teve o seu pior desempenho na fase de grupos da Champions na última década. Até o momento, o atleta anotou apenas um gol em seis partidas. Com o Real Madrid, na edição passada da competição, o português balançou as redes 15 vezes em 13 jogos.   


A Juventus tentará reverter a situação e continuar na Champions no dia 12 de março, na segunda partida contra o Atlético. Antes do decisivo confronto, o clube bianconero terá dois compromissos pelo Campeonato Italiano, contra o Bologna e o Napoli, nos dias 24 de fevereiro e 3 de março, respectivamente.(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.