PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Vaticano diz que condenação de Pell por pedofilia é dolorosa

26/02/2019 08h19

CIDADE DO VATICANO, 26 FEV (ANSA) - O Vaticano disse hoje (26) que a condenação do cardeal australiano George Pell pelo crime de pedofilia "é uma notícia dolorosa". "Uma notícia dolorosa, que estamos conscientes que chocou muitíssimas pessoas, não somente na Austrália. Como afirmamos em outras ocasiões, reiteramos o máximo respeito pelas autoridades judiciais australianas. Em nome deste respeito, recordamos que o cardeal Pell reiterou sua inocência e tem o direito de se defender até a última instância", disse o diretor da sala de imprensa do Vaticano, Alessandro Gisotti. Ele também informou que, "para garantir o curso da justiça", o papa Francisco confirmou a adoção de medidas cautelares "já dispostas em relação a Pell". Isso significa que, até a sentença em última instância, o cardeal permanecerá afastado do exercício de seu ministério religioso, "sem contato - de nenhum modo e forma - com menores de idade", disse Gisotti. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Internacional