Topo

Embaixador cita 'intensa relação' entre Brasil e Itália

2019-03-14T14:54:00

14/03/2019 14h54

BRASÍLIA, 14 MAR (ANSA) - O ministro da Infraestrutura do Brasil, Tarcísio de Freitas, visitou nesta quarta-feira (13) a Embaixada da Itália em Brasília, onde se reuniu com empresas do país europeu para apresentar oportunidades de investimento no setor.   

A convite do embaixador Antonio Bernardini, Freitas falou sobre as diretrizes do governo para os segmentos portuário, aeroportuário, rodoviário e ferroviário. O evento também contou com as presenças de representantes dos governos do Paraná e de Santa Catarina, que ilustraram projetos de seus estados.   

"O evento se insere no quadro das iniciativas organizadas pela Embaixada para apoiar a projeção das empresas italianas neste mercado após a formação do novo governo brasileiro", declarou Bernardini.   

Segundo o embaixador, "a infraestrutura representa uma das principais áreas de potencial desenvolvimento da presença empresarial italiana no Brasil, junto ao setor da energia elétrica, que foi objeto de um seminário específico organizado pela Embaixada no Rio de Janeiro em 13 de fevereiro".   

Bernardini também destacou que o governo Bolsonaro elaborou um "plano crível baseado na participação do setor privado". "Devo dizer que há uma intensa relação entre nossos governos. Com certeza os investidores italianos participarão nos setores de estradas e ferrovias, e não devemos nos esquecer dos portos", disse.   

O embaixador ainda comentou que continuam as conversas entre os dois países para definir a data de uma possível visita de Bolsonaro à Itália.   

De acordo com a Embaixada, os investimentos italianos no Brasil se concentram na indústria de transformação (33,6%), nos setores de informação e telecomunicações (28%), em eletricidade e gás (14,9%) e no nicho financeiro (9,2%). Atualmente, mais de mil filiais de empresas da Itália operam no mercado brasileiro.   

(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Mais Internacional