PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Presidente do Cazaquistão deixa cargo após 30 anos no poder

MOSCOU, 19 MAR (ANSA) - O presidente do Cazaquistão, Nursultan Nazarbayev, anunciou nesta terça-feira (19) sua renúncia ao cargo depois de 30 anos no poder. Durante um discurso transmitido na TV, o mandatário, que liderou o país desde a independência da União Soviética, afirmou que a decisão "não foi simples".   

"Eu decidi desistir de meus poderes como presidente", afirmou Nazarbayev, de 78 anos, após assinar o decreto que determina o fim de seu mandato. Mesmo tomando a decisão de deixar o cargo, o chefe de Estado do Cazaquistão informou que continuará na presidência do Conselho de Segurança e permanecerá liderando o partido Nur Otan, que tem a maioria no Parlamento. Com a saída de Nazarbayev, o presidente do Senado, Kasym-Zhomar Tokaev, ocupará o cargo interinamente. As próximas eleições presidências no Cazaquistão estão programadas para 2020.   

O chefe de Estado liderou o país desde 1990,quando o país ainda era uma república soviética. Na época, ele ocupava o cargo de primeiro-secretário do Partido Comunista. Somente depois da independência, foi reeleito em um pleito duramente criticado. Em 2015, ele foi escolhido como presidente pela quinta vez.   

O anúncio da renúncia ocorre semanas depois do líder demitir boa parte do governo do Cazaquistão, alegando falhas na tentativa de melhorar a economia da nação. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Internacional