PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Investigação sobre 'caso Rússia' é finalizada nos EUA

22/03/2019 19h39

NOVA YORK, 22 MAR (ANSA) - O procurador especial Robert Mueller encerrou sua investigação sobre a suposta interferência russa na eleição presidencial em 2016, informou o Departamento de Justiça dos Estados Unidos nesta sexta-feira (22). Com a conclusão do inquérito, Mueller apresentou seu relatório final para o procurador-geral William Barr, que analisará o documento junto de sua equipe e criará um arquivo resumido para enviar ao Congresso. Em uma carta ao Congresso, Barr afirmou que pode relatar as principais conclusões já neste fim de semana. No entanto, nenhum detalhe sobre o conteúdo do relatório foi divulgado. A Casa Branca disse que não foi informada sobre a conclusão do caso.   

O documento explica as decisões tomadas pelo Ministério Público nos quase dois anos desde a nomeação de Mueller pelo vice-procurador-geral dos EUA, Rod Rosenstein. Ontem(21), a Câmara dos Deputados aprovou uma resolução pedindo que o relatório fosse divulgado também ao público. No entanto, a medida ainda precisa ser aprovada pelo Senado, controlado pelos republicanos.   

Desde o início do inquérito, o presidente norte-americano, Donald Trump, e outros republicanos condenaram repetidamente a investigação como uma "caça às bruxas".   

Mueller investiga desde maio de 2017 uma possível interferência de Moscou nas eleições em que Trump derrotou a democrata Hillary Clinton, além de analisar se o mandatário tentou obstruir a investigação de maneira ilícita. Por sua vez, Trump e o governo russo negam todas as acusações. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Internacional