Topo

Parlamento da Áustria votará moção contra chanceler

21/05/2019 14h47

BERLIM, 21 MAI (ANSA) - O Parlamento da Áustria votará na próxima segunda-feira (27) uma moção de desconfiança contra o chanceler conservador Sebastian Kurz, que perdeu sua maioria após romper com a legenda de extrema direita Partido da Liberdade (FPÖ).   

A moção foi apresentada pela sigla de extrema esquerda Agora e é mais um capítulo da crise que abala uma das democracias mais estáveis da Europa. A turbulência começou com a revelação de um vídeo que mostra o agora ex-vice-chanceler Heinz-Christian Strache, do FPÖ, negociando contribuições ilícitas para o partido com a suposta sobrinha de um oligarca russo.   

A gravação, no entanto, era uma armadilha para Strache, que foi forçado a renunciar. Na sequência, Kurz demitiu o ministro do Interior Herbert Kickl, também do FPÖ, para garantir isenção nas investigações, e o partido anunciou que votará pela queda do chanceler.   

O próprio Kurz, no entanto, já havia rompido a aliança e pedido para o presidente Alexander Van der Bellen convocar eleições antecipadas, que devem acontecer em setembro. O chanceler apresentará uma lista de ministros "técnicos" para o período de transição. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Mais Internacional