Topo

EUA suspeita de novo ataque químico de Assad na Síria

22/05/2019 16h08

SÃO PAULO, 22 MAI (ANSA) - Os Estados Unidos disseram ter indícios de que o regime de Bashar al-Assad teria feito um novo ataque com arma química na região de Idlib, na Síria.   

"Infelizmente, continuamos a ver sinais de que o regime de Assad pode estar usando armas químicas mais uma vez. Ainda estamos reunindo informações sobre o incidente, mas reafirmamos nossa advertência: se o regime de Assad utilizar armas químicas, os EUA e seus aliados responderão rapidamente e de uma maneira apropriada", disse Morgan Ortagus, porta-voz da diplomacia americana. Segundo o Departamento de Estado, o componente químico supostamente usado no ataque de 19 de maio seria cloro. Os EUA apuram se Assad violou um cessar-fogo e iniciou uma nova ofensiva contra moradores de Idlib, no noroeste da Síria. Sob a presidência de Donald Trump, os EUA já bombardearam a Síria duas vezes, em abril de 2017 e em abril de 2018, em retaliação ao suposto uso de armas químicas. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Mais Internacional