Topo

Polícia de Hong Kong acusa manifestantes de 'revolta'

2019-06-17T14:22:00

17/06/2019 14h22

PEQUIM, 17 JUN (ANSA) - A polícia de Hong Kong disse nesta segunda-feira (17) que cinco das 32 pessoas detidas no território durante protestos contra projeto de lei que autoriza extradições para a China responderão na Justiça pelo crime de "revolta".   

Segundo o chefe da corporação, Stephen Lo, essa tipificação será aplicada apenas naqueles que tiveram "comportamentos violentos" nas manifestações. Os cinco acusados teriam atirado paralelepípedos contra as forças de segurança e usado barras de metal. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Mais Internacional