Topo

Irã diz que tripulação de navio britânico está bem

21/07/2019 12h04

ROMA E TEERÃ, 21 JUL (ANSA) - O Irã garantiu neste domingo (21) que a tripulação do petroleiro britânico Stena Impero está a salvo e em boas condições de saúde. A informação foi dada pelo diretor da entidade que controla o porto onde a embarcação britânica está atracada, Alahmorad Afifipur.   

O barco foi apreendido pelo Irã na última sexta-feira (19), no Estreito de Ormuz, e agora está em uma zona portuária da cidade de Bandar Abbas. Há 23 membros da tripulação a bordo, a maioria de nacionalidade indiana. O Irã justificou a apreensão alegando que o petroleiro britânico colidiu com um barco pesqueiro e não respondeu aos sinais de advertência lançados pelas autoridades marítimas. No entanto, no pano de fundo do incidente, estão tensões políticas entre o Irã e os Estados Unidos, devido ao acordo nuclear do qual Donald Trump se retirou e à retomada de sanções financeiras. Nas últimas semanas, uma série de incidentes com navios e drones elevou a tensão no Golfo Pérsico e envolveu outros países.   

O petroleiro pertence à empresa Stena Bulk e fazia um trajeto entre Emirados Árabes Unidos e Arábia Saudita. A companhia nega que o barco tenha violado normas de navegação. Áudio - Neste domingo, vieram à tona trechos de um áudio da conversa entre um oficial iraniano e outro britânico sobre a passagem do navio.   

"Obedeçam e vocês estarão salvos", disse o oficial iraniano no áudio divulgado pela Dryad Global, uma empresa que atua no setor de segurança marítima. "Mudem a rota em 360 graus, imediatamente", ordenou. "O navio está passando por um estreito internacional e, em virtude do direito internacional, sua passagem não deve ser nem impedida nem obstaculizada", respondeu, por sua vez, um oficial britânico que, apesar de não estar a bordo do petroleiro, estava na fragata HMS Montrose, da Royal Navy, patrulhando a zona. "Por favor, confirmem que não violarão o direito internacional abordando ilegalmente a Stena Imperio", pediu o britânico. Como resposta, o funcionário iraniano disse que o navio estava sendo procurado por questões de segurança. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Mais Internacional