Topo

Ministro da Fazenda da Argentina renuncia ao cargo

18/08/2019 13h38

ROMA, 18 AGO (ANSA) - O ministro da Fazenda da Argentina, Nicolás Dujovne, renunciou ao cargo neste sábado (17). O economista de 52 anos ocupava o posto desde janeiro de 2017.   

Em uma carta enviada ao atual presidente do país, Mauricio Macri, Dujovne afirmou que está "convencido de que, em virtude das circunstâncias, sua gestão necessita de uma renovação significativa na área econômica".   

"Conseguimos conquistas na redução do déficit e dos gastos públicos, na redução de impostos distorcidos nas províncias, na recuperação do federalismo. Também, sem dúvida, cometemos erros, que nunca hesitamos em reconhecer e fizemos o melhor que pudemos para corrigir", disse o político argentino.   

Com uma mensagem no Twitter, Macri agardeceu o "compromisso, capacidade e honestidade" de Dujovne.   

De acorco com o jornal "La Nación", o atual ministro da Economia da província de Buenos Aires, Hermán Lacunza, assumirá o posto deixado por Dujovne.   

No último domingo (11), Macri ficou 15 pontos percentuais atrás da chapa representada pelo opositor Alberto Fernández e pela ex-presidente Cristina Kirchner. O resultado foi recebido de forma negativa provocando um caos nos mercados.(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Mais Notícias